Puerto Varas – Chile (Parte 03)

O Zé ainda tá em Puerto Varas, mas vamos nos encaminhar para finalizar a série de posts sobre o destino. Agora vou postar dicas finais para outros passeios e também algumas gastronômicas. Bora lá!

Mais uma foto de Peulla!
Mais uma foto de Peulla!

Bom, como falei, fui a trabalho, então não tive tempo para quase nada. Eu gostaria muito de ter feito outros dois passeios bem famosos por lá: um que vai para Ilha de Chiloé (para ver pinguins) e outro que era City Tours em Frutillar. O passeio na ilha de Chiloé é um dos mais famosos e um dos mais caros também. Mas todo mundo que vai adora e recomenda. Separe um dia inteiro pra ele. Gostaria muito mesmo de ter feito. Sobre Frutillar, falam muito bem dessa cidadezinha, que é muito bonita. É um passeio mais monótono, de meio dia, se não me engano, mas por outro lado, um dos mais baratos.

Outras dicas para quem vai com mais tempo.

  • Separar um dia inteiro para o passeio no Parque Nacional e outros dois dias para subidas ao Vulcão Osorno;
  • Dois dias no Vulcão porque um você pode fazer esqui/snowboard. E no outro, fazer o Trekking no Glaciar. O custo desse segundo eu sei que é de 40 mil pesos pois eu iria fazê-lo, mas não pude justamente pelo tempo. Merda!;
  • Como o tempo atrapalha muito, tente já planejar esses passeios com alguns dias de antecedência. Entre em contato com a operadora responsável e com alguns dias antes eles saberão quais dias estarão com tempo aberto e quais não. Assim, você já planeja os outros passeios nos dias de tempo ruim;
  • A empresa que cuida dos passeios no vulcão é a Volcan Osorno. Coloco aqui o site deles. Você já pode pegar os contatos e mandar email perguntando: http://www.volcanosorno.com/
  • Tem outro passeio que eles oferecem que pode ser legal também. É um trekking para a Cratera Vermelha. Mas não tenho muitas informações sobre isso.

 

Dicas de Restaurante

Comi muito bem em Puerto Varas. Aí vão alguns dos lugares:

Ceviche do Buenas Brasas - me desculpem mas a vontade era grande e esqueci de tirar a foto antes! kkk
Ceviche do Buenas Brasas – me desculpem mas a vontade era grande e esqueci de tirar a foto antes! kkk

Fogon Las Buenas Brasas – Excelente! O melhor que comi, tanto que fui duas vezes. Fazem muito bem os peixes e os acompanhamentos. E ainda servem de cortesia um pãozinho de entrada com um ceviche que estavam sensacionais. Por mim, eu ficava uma refeição inteira comendo só essa entrada. Bônus: na época havia um garçon brasileiro trabalhando que nos ajudou bastante a entender os peixes e deu várias explicações sobre os pratos e também sobre o turismo local.

Cassis – um dos mais fáceis de localizar, pois fica numa esquina de frente para a praça. Nesse dia eu resolvi comer uma carne pois já estava cansado de tanto peixe. Me arrependi. Não estava boa. Todos que pediram peixe ficaram felizes. No final, vale passar na sorveteria (dentro do restaurante mesmo). Os sorvetes são excelentes e vem em grande quantidade!

Pim’s – Foi bom para assistir jogo de futebol (era dia de jogo Brasil e Chile)! A comida é estilo Outback/Fridays, mas muito gostosa.O atendimento é lento e achei o preço achei um pouco salgado.

Club Aleman – não tive a oportunidade de comer um dia lá, pois a maior parte dos dias eu tinha jantar no evento que estava trabalhando. Mas três pessoas diferentes me recomendaram. Disseram que não é caro e dá pra sentir um pouco da vibe alemã de Puerto Varas. Deixo aqui as recomendações do Trip Advisor sobre ele: https://goo.gl/ixh24Y.

Orquidea – não fui para comer, mas para as baladas de lá! hehe O local é bem pequeno. Bastante! Não cobram pra entrar e a música é bem internacional. Ficam abertos até mais tarde e o interessante: deixam os cachorros de rua entrar para se aquecerem. Então o povo fica lá dançando com os cachorros no meio! hahaha

Ufa! Chega! Espero que o post ajude e se eu lembrar de mais alguma coisa, volto para editar. Qualquer coisa, se tiverem dúvidas, podem entrar em contato:

Email: diegoarelano@gmail.com

Facebook: Facebook – Diego Arelano

Abraços!!!

Hora de voltar - Cordilheira dos Andes vista do Avião
Hora de voltar – Cordilheira dos Andes vista do Avião

Puerto Varas – Chile (Parte 02)

Continuando o post, falo agora sobre os passeios que fiz.

Como fui a trabalho (entre os dias 3 e 10 de outubro), o tempo fica curto pra conhecer tudo do local. Então, no meu pouco tempo de folga, tive que priorizar alguns passeios. Eu só teria dois dias cheios livres.

Fui em uma agência próxima ao meu hotel, na rua San Pedro mesmo. Se não me engano, se chamava Trip to Chile e tinha um atendente que falava português fluente.

Para o primeiro dia escolhi fazer um passeio que era um Combo: Visita ao Parque Nacional Vicente Pérez Rosales + Passeio de Barco pelo Lago Llanquihue + Subida ao Vulcão Osorno. Custou por volta de 25 mil pesos (mais ou menos 35 dólares) e achei um bom custo benefício.

Começamos o dia em uma das entradas do Parque Nacional, justamente a que dá acesso à trilha do Salto do Petrohue. O van parou na entrada, onde pude tomar um café com leite antes de começar a andança. No Parque existem outras trilhas, mas como era um passeio composto para um dia, ficamos só na trilha que levava ao Salto. Mas não deixou nada a desejar. A vista é linda do mirante!

Salto de Petrohue
Salto de Petrohue

Depois de voltar à van, fomos fazer um passeio de barco, que dava uma volta no Lago Llanquihue. O passeio parece bem legal, pois dá para ver todos os dois vulcões e outras montanhas cheias de neve em volta. Daria! A gente devia estar com alguma urucubaca que fechou o tempo e ficou cheio de nuvens. Os vulcões ficaram só na imaginação. =(

Lago Llanquihue
Lago Llanquihue
A vista lá de cima do Vulcão Osorno começou assim
A vista lá de cima do Vulcão Osorno começou assim

Acabado o passeio de barco, voltamos pra van mais uma vez e fomos para a subida do Vulcão Osorno. Ele é um vulcão bem pontiagudo e bonito. Parece aqueles de filme mesmo! hehe Lá paramos no restaurante que fica no pé do teleférico (mais ou menos metade da subida) para almoço. Muito bom o restaurante, por sinal, e não praticava preços abusivos, como muitas vezes vemos em restaurantes de estação de esqui praticam.

A má sorte do dia ficou por conta do tempo. Como falei, estava fechado, cheio de nuvens, e por isso, a parte de cima do vulcão estava fechada e não pudemos subir. O jeito foi fazer um pequeno trekking por ali mesmo. Não foi o ideal, mas deu pro gasto. A vista compensava!

Mas depois terminou assim!
Mas depois terminou assim! Vulcão Osorno

Por causa dessa porcaria de tempo, o passeio estava acabando mais cedo. Por isso, nosso guia decidiu nos levar então à Lagoa Verde, dentro do Parque Nacional Vicente Pérez Rosalez. A trilha era pequena e chegamos a uma lagoa bem verde mesmo, fazendo jus ao nome. Ela tem essa coloração por causa de uns microorganismos que vivem lá, mas pra falar a verdade, não me lembro bem a explicação do guia. hahaha

Indo para o segundo dia, o passeio que fiz foi junto com o pessoal do evento que estava participando. Minha opção seria outra, mas decidiram conhecer o povoado de Peulla.

Cachoeira Lago Todos los Santos
Cachoeira Lago Todos los Santos

Peulla é o último povoado da fronteira com a Argentina, que fica oposta à Bariloche, separados pela Cordilheira dos Andes. Só se chega por barco, através do Lago Todos os Santos (outro lago bem grande). Demora um pouco e, inclusive, temos que passar pelo posto de imigração para chegar lá. Peulla é muito pequeno, um paraíso que vive da natureza mesmo, e tem cerca de 120 habitantes. Sua grande maioria, famílias de militares.

Na viagem de barco tivemos alguns comes e bebes e pudemos aproveitar uma vista sensacional. Ao longo de todo o percurso podiam-se ver montanhas com o pico de gelo e cachoeiras que desembocavam no lago. Foi muito legal mesmo!

Chegando em Peulla, já fomos direto para um grande ônibus para um safari fotográfico. Como chove muito, os guias nos ofereceram grandes capas de chuva que vieram a calhar!

Terminamos fazendo uma visita à única escola do povoado. Como é muito pequeno, só possuem um professor para 6 alunos (no ano de 2015). Cada um em uma série diferente. O professor tem que se virar para passar o conteúdo para todos! hehe

Pronto! Vamos parar por aqui que já escrevi demais. Amanhã escrevo o último post da série. Salud!