Seattle – Minha segunda casa

Opa! Tudo bom?

Não escrevi muito aqui no blog sobre isso antes, mas pra quem não sabe, 2016 foi uma ano bastante intenso na minha vida. Rolou uma revolução. haha Conheci minha esposa, e depois de 6 meses de namoro, eu estava me mudando para o lugar que aprendi a chamar de casa: Seattle!

Foto da 5a avenida no centro de Seattle, Washington - EUA

Uma cidade que até então eu conhecia apenas por ser a terra do grunge e também por ser muito perto do Canadá (fica a apenas 3h de Vancouver). Então vamos lá né! Ouvir muito Nirvana, Pearl Jam e etc. haha

Chegando lá, descobri que é a cidade que mais cresce nos Estados Unidos nos últimos anos. O centro e um bairro do lado chamado South Lake Union tem se transformado muito, principalmente por causa da Amazon. Além dela, Seattle é sede de muitas outras multinacionais, como a Microsoft, Starbucks, Boeing, etc.

Uma outra curiosidade: ela fica no estado de Washington. Que nada tem a ver com Washington DC (capital dos Estados Unidos).

Curiosidade 2: Seattle não é a capital de Washington. A capital é Olympia!Space Needle - Seattle

Curiosidade 3: A Space Needle, famosa torre no skyline de Seattle, foi a construção que inspirou a casa dos Jetsons no desenho animado de mesmo nome!

Bom, voltando ao post, a princípio morei em Ballard. Um bairro um pouco mais pro norte e com origem nórdica. Tem uma arquitetura e atmosfera bem interessante.

Mas sendo sincero, não tendo carro, eu não moraria ali. Acho que iria pra Capitol Hill, que é um bairro mais boêmio, mais perto do que é a Vila Madalena em São Paulo. Lá, tem muitos bares e restaurantes e tudo que você precisa rola de fazer a pé. Além de ser também do lado de Downtown. Dá pra ir andando de bouas!

Agora se você tiver carro é outra história. Aí sim, vale morar em Ballard ou até em bairros mais ao norte ou mais ao sul. Ainda mais se considerar o preço dos aluguéis, que tem subido muito nos últimos anos. (Maldita Amazon!!!)

Bom… pra não me alongar muito, no meio de 2017, eu e minha esposa voltamos pra São Paulo. Ela, que é americana, já está fluente no português e está amando o Brasil.

Mas uma coisa não deixa de sentir falta: o clima frio na época do Natal. Ela diz que Natal no calor não faz sentido! Cadê a neve? haha Então, pra curar o homesickness da mulher, fomos pra Seattle por um mês, no final do ano passado. Pegamos o Thanks Giving e ficamos até dia 20 de dezembro mais ou menos.

Minha irmã e minha mãe resolveram ir junto e, por isso, fizemos vários passeios turísticos com elas. Pra ilustrar um pouco de como foi fiz um vídeozinho da viagem. Dá uma olhada aqui embaixo e se curtir, deixa o like lá no canal!!!

Não me alonguei muito porque não queria deixar o post muito longo. Mas se você estiver planejando ir pra lá, me manda uma mensagem que eu ficarei mais que feliz em poder dar dicas e sugestões do que fazer por lá. Seattle tem muita coisa legal e vale a pena conhecer!

Por hoje é só, pessoal! Bjos,

Zé!

Autor:

Diego Arelano, vulgo Zé. De onde veio singela alcunha? Do meu nome caricato de novela mexicana, Diego José, que meus pais resolveram dar em homenagem a cada um dos avós! hehe Fora isso, o Zé é um cara curioso e meio demorado que ainda tem uns 200 países pra conhecer. Palmeirense e publicitário formado pela Universidade de Brasília. Atualmente trabalha na Embratur, órgão de promoção turística internacional do governo.

Fala que eu te escuto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s